9-Camilo

Camilo Castelo Branco

Apresentação a 10 de setembro

Nasce em Lisboa em 1825 e morre em S.Miguel de Seide (V.N de Famalicão) em 1890. Começa a publica em 1845 com a sátira Pundonores Desagravados, que lhe trouxe bastantes dissabores, mas só em 1851 tem algum êxito com o seu primeiro romance Anátema. Autor romântico de vasta obra, num total de 137 obras publicadas ao longo de uma vida atribulada, é possuidor de um discurso pessoalíssimo, de grande riqueza vocabular, domínio de estrutura psicológica dos personagens e dos costumes oitocentistas. Tem sido objeto de numerosas antologias desde 1920 e é, juntamente com Camões e Eça, um dos autores mais estudado, lido e apreciado da cultura portuguesa.

Algumas obras:

Mistérios de Lisboa (1854); Livro negro do Padre Dinis (1855); Amor de perdição (1862); A Queda de um Anjo (1866); O Retrato de Ricardina (1868); Os Mistérios de Fafe (1868); Novelas do Minho (1875-1877); A Brasileira de Prazins (1882).

 

partilha


Mecenas
Apoios


todos os direitos reservados Fundação Bracara Augusta 2015